O Cacique baiano que aterroriza o Sul da Bahia foi preso pela PF por suspeita de envolvimento em assassinato de agricultor

Lembram-se do Babau? Aquele garçom afro-descendente que as maravilhas da antropologia engajada e militante transformou em Cacique  Tupinambá, e que a militância do CIMI e da esquerda católica engajada queria levar ao Vaticano?  Pois bem, foi parar no Xilindró por suspeita de envolvimento em assassinato de agricultor mestiço no sul da Bahia!!!

Cacique Auto-Declarado-Tupinambarana é preso por suspeita de envolvimento do assassinato de Juraci Santana, agricultor mestiço morto pelas milícias Tupinambaranas.

Cacique Auto-Declarado-Tupinambarana é preso por suspeita de envolvimento do assassinato de Juraci Santana, agricultor mestiço morto pelas milícias Tupinambaranas.

Depois de ser impedido de viajar ao Vaticano por ter recebido uma ordem de prisão, Rosivaldo Ferreira da Silva, conhecido como cacique Babau, acaba de ser preso pela Polícia Federal em Brasília. A PF cumpriu ordem de prisão expedida pela Justiça estadual da Bahia por suspeita de envolvimento de Babau no assassinato do agricultor Juraci Santana.

O líder do assentamento do INCRA no Sul da Bahia lutava contra o processo fraudulento de etnicização da população mestiça local que pretende impor a demarcação da Terra Indígena Tupinambá de Olivença. Por seus valores, princípios e convicções Juraci contrariava os interesses de Babau e seu movimento condenável de manipulação da identidade étnica .

Como se não bastasse toda a picaretagem manipulatória, Babau vem e tornando umas das lideranças mais tentou viajar na quarta-feira ao Vaticano para um encontro com o papa Francisco, a convite da CNBB. Mas o passaporte dele foi suspenso pela Polícia Federal menos de 24 horas depois de emitido, uma vez que havia quatro mandados de prisão contra o cacique.

Veja também:
Hoje, sou um homem jurado de morte, disse Juraci Santana em agosto de 2013. Foi assassinado em fevereiro de 2014 

Num ato estrategicamente cinematográfico, o líder dos Tupinambarana “Cacique Babau” se entregou hoje e está preso na sede da Polícia Federal, em Brasília. Finalmente preso!!!

Poderá também gostar de:

– See more at: http://www.questaoindigena.org/2014/04/babau-cacique-baiano-que-iria-ao.html#sthash.pEGm2SpA.dpuf

Anúncios

Sobre edwardluz

Contatos & WhatsApp: (061) 99314389, (062) 96514602 Sou Edward M. Luz antropólogo brasileiro, goiano, residente em Anápolis e Brasília, doutorando em Ciências Sociais pela Universidade de Brasília, mesma universidade onde cursou e concluiu graduação e mestrado em Antropologia Social (Lattes : http://lattes.cnpq.br/7968984077434644 ). Iniciei carreira profissional em trabalhos de identificações e delimitações de terras indígenas em 2003 e desde então exerci esta função de Antropólogo Consultor em três ocasiões, sempre contratado pelo convênio FUNAI/PPTAL. Durante os últimos sete anos trabalhei na identificação e demarcação de oito (8) terras indígenas, todas no estado do Amazonas. Sempre trabalhei orientado pelos artigos 231 e 232 do texto Constitucional, obediente à Portaria 14 e atento ao Decreto 1775/96 e acima de tudo, norteado pelos princípios acadêmicos de imparcialidade e cuidado aos quais acrescento sempre bom senso, equilíbrio e por um forte senso ética e responsabilidade com a vida dos meus interlocutores que estudo. A observância de tais princípios me colocou em rota de colisão com alguns antropólogos e sobretudo com a FUNAI, o que culminou com a rejeição de minha postura democrática e de diálogo com as partes envolvidas em demarcações de quilombos e Terras Indígenas. Independente de quem serão meus adversários continuarei batalhando contra e enfrentando esse perigoso processo político de etnicização do Brasil, esforçando-me por promover o diálogo, a postura democrática e as soluções racionais e dialogadas para o crescente conflito étnico no Brasil, mantido e estimulado por ONGs e órgãos que precisam desesperadamente do conflito para manterem e justificarem uma ideologia fracassada, que se espalha por ONGs, pela parte ideologicamente comprometida da universidade brasileira e sobretudo por servidores de importantes e respeitáveis instituições republicanas brasileiras que precisam ser resgatadas do pernicioso processo de aparelhamento político do estado a que foram submetidas. Continuo disposto a trabalhar em soluções republicanas e democráticas par as situações dos conflitos étnicos em todo território nacional. Edward Mantoanelli Luz. Antropólogo Consultor da Human Habitat Consultoria LTDA
Esse post foi publicado em Antropologia submissa, Antropologia Sulamericana, Aparato indigenista, Aparato Indigenista/ambientalista, Cacique Babau, Etnicização do Brasil, Tupinambaranas de Olivença e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O Cacique baiano que aterroriza o Sul da Bahia foi preso pela PF por suspeita de envolvimento em assassinato de agricultor

  1. Babau tentou viajar na quarta-feira ao Vaticano para um encontro com o papa Francisco, a convite da CNBB. Alô CNBB vai pagar o advogado do Babau com dinheiro do dizimo também?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s